Lerê, lerê

Hoje, sábado, eu to aki na empresa trabalhando. Vim adiantar umas matérias pra que o calendário de andamento das matérias não fuja da rotina.

***

Então, estou super chateada com algumas coisas que vêm me acontecendo, mas isso me serve de lição.

***

Tô toda desestimulada com tudo. É culpa dela, sim. Da TPM que me agarrou de vez esses últimos dias - inclusive hoje - e só fica me dando rasteira. Xô, infeliz!

Aaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiii!!!!!

Por favor, não mencionem - perto de mim - as palavras: Caroline Bittencourt, Principe Charles, Ronaldinho e Daniella Cicarelli, Lula, Vera Fisher, Big Brother, transcol e água. Nhé.

Mudança

Rogério, vc que é meu visitante e sugeriu a mudança do template, realmente akele já estava meio saturado e muito dark mesmo! Então, o que acharam desse aí?

Recuperação já!

Após enfrentar praticamente um tsunami na minha vida pessoal, meu coração está quietinho com um baita sorriso, se recuperando do tempo em que ficou murcho e de cama.

Depois de alguns dias de reflexão e aperto, concluí que nunca é tarde para mudarmos nosso comportamento e nossa forma de pensar. O que acontece é que na maior parte das vezes achamos que a opinião alheia é desnecessária, acarretando num pensamento centrado no erro. Como assim? Somos um bando de conservadores e nossos 2 ouvidos odeiam escutar verdades, afinal de contas, a verdade dói. Então se já temos um pensamento X formado de acordo com nossas próprias conclusões, nunca vamos enxergar que estamos errados e que existem outros caminhos mais viáveis para tal situação.

Em suma: aprendam a ouvir para descobrir novas soluções e também para perceber que você não está sempre certo toda vez que acha que concluiu corretamente alguma coisa.

Levem-nos

Por favor, deletem da minha agenda os dias 16, 17 e 18 de fevereiro de 2005, please. Não quero lembrar que eles existiram na minha vida. A partir do dia 20 vai tudo muito bem, obrigada.

Prazer pela profissão

A minha vida profissional vai de vento em popa. To adorando trabalhar lá nas revistas, principalmente pelo contato com pessoas que conhecem Deus e estão me apresentando pra ele com mais profundidade. Vc pode achar uma besteira, mas só quando conhecê-lo bem vai entender do que estou falando...

***

Acabo de chegar do trabalho. Isso, sua vista não está embaçada. Trabalho. Saí da revista rumo ao Novotel pra entrevistar membros da Aberje (www.aberje.com.br), super simpáticos - jornalista simpático é raro! - e uma pessoa que muito admiro: Eugênio Bucci, jornalista e advogado, além de autor de um dos meus livros preferidos: "Sobre ética e imprensa" (http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/produto.dll/detalhe?pro_id=451055&ID=C8957FC57D502121716110155). Então, foto eu não precisei tirar pq já tinha, já que o conheci em uma outra ocasião, num encontro internacional de televisão, realizado no Rio de Janeiro. Mas o meu livro ele teve que autografar, claro...

Foi uma entrevista rápida e móvel (viemos andando e realizando a entrevista no caminho do Novotel até o Wall Street, onde ele deu paletra). A rua toda olhava pra mim... e eu literalmente babei pq admiro muito ele. Atualmente, é o presidente da Radiobras, o que não é pra qualquer um...

Vou dormir, parcialmente bem, agradecendo ao meu Pai pela oportunidade.

Labirinto

Se vc está a fim de passar raiva e rir ao mesmo tempo, divirta-se com essa brincadeirinha virtual:

http://www.ally.com.ru/mmedia-genser-3.htm

? ..Doubts II.. ?

A minha vontade agora é de dormir e só acordar quando ele me disser: Não foi nada com vc. O problema era comigo. Seria aliviante. Definitivamente, é a pedra preciosa da minha vida, pena que às vezes ele não acredita nessa intensidade.

Obrigada, novo colega, pela força. Eu não faço idéia do que me espera amanhã e dormir será impossível.

É o amooooooor!

Sim, hoje é comemorado o Valentine´s Day nos EUA, ou seja, o Dia dos Namorados... Uuuummm, que romântico... Quem homenageou? O meu favorito Google. Olha só que coisa linda:

Hoje também é aniversário da minha amigona Boba. Amiga, saúde, paz e tranquiliza essa cabeça que bons momentos virão! Amo muito você, tá?

Having fun!

Há muitos fins de semana eu não saía pra me divertir durante o dia, principalmente com amigas. E ontem, como Gisa furou comigo, tratei de ir ao Yahoo com Alyne e cia, dentre elas uma cia inesperada. Precisei de quebrar meus paradigmas e começar a mudar meu jeito implicante e encrenqueiro de ser. E lá estávamos, rindo à toa, como se naaaaaaada tivesse acontecido. Eu não ia perder meu dia por causa de ninguém. Tiramos fotos, descemos em toboáguas, rimos, encontramos amigos, tudo como se fosse uma cena de filme infantil. E foi demais. Me bronzeei e às vezes não acredito que, há alguns dias, era aquela branquela que todo mundo dizia: - C não vai à praia, nao?. (Aliás, se tem coisa que mais me irrita no mundo é dizer que preciso tomar sol. Quem sabe disso sou eu, po**a!)

Chegando em casa, Senhora Stress me esperava. Com um bico medindo 1 metro e revoltada por eu ter saído de casa. Como eu não tenho sangue de barata e não consigo ficar olhando pra cara de alguém que não quer conversar comigo, fui às compras no xops com Gisa. Pelo menos terminei o dia bem...

***

Acordei às 10h crente que ia rolar um solzão. Que nada. Chuvão, tempo frio, sono e telefonemas me acordando. Nhé. E já estou aki no pc desde então, tentando terminar a big matéria sobre judaísmo. E Senhora Stress? Continua stressada comigo. Ainda bem que minha irmã me ligou pra alegrar meu dia. Saudade dela...

? ..Doubts.. ?

I don´t know if everything is gonna be all right...

I´m still alive!

É, depois de 7 dias num lugar maravilhoso, continuo aki, firme e forte, pronta pra outra! Cheguei de viagem na hora do almoço e vim direto pro trabalho, afinal de contas a vida continua pós-carnaval! E por falar nisso, a Beija-Flor foi a campeã do Carnaval do Rio de Janeiro. Confiram a classificação: http://placaruol.uol.com.br/carnaval/2005/placar_rj.htm

Como foi a viagem? Dia, noite, tarde sonolenta, chuva, sol, barraca, sufoco, praia, céu estrelado, cochilo na grama, violão, NO TEVÊ, pagode, axé, mulheres, homens, namorado, beijo, abraço, aperto, tristeza, alegria, amigos inconvenientes, camarão, siri, caipivodka, cachaça, novos colegas, briguinhas rotineiras, e mais beijos...

Passar os dias com namorado foi perfeitamente perfeito. E não ouvir barulho de carro, caminhão e ônibus foi impagável. Dormimos ao som de passarinhos e das ondas do mar. Preciso detalhar mais?

Pra quem curte a vida

Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra muito amigas. Durante todo o outono, a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o período de inverno. Não aproveitou nada do sol, da brisa suave do fim da tarde e nem do batepapo com os amigos ao final do trabalho tomando uma cervejinha. Seu nome era "trabalho" e seu sobrenome "sempre".

 

Enquanto isso, a cigarra só queria saber de cantar nas rodas de amigos e nos bares da cidade; não desperdiçou um minuto sequer, cantou durante todo o outono, dançou, aproveitou o sol, curtiu para valer sem se preocupar com o inverno que estava por vir. Então, passados alguns dias, começou a esfriar. Era o inverno que estava começando. A formiguinha, exausta de tanto trabalhar, entrou para a sua singela e aconchegante toca repleta de comida. Mas alguém chamava por seu nome do lado de fora da toca. Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpresa com o que viu: sua amiga cigarra estava dentro de uma Ferrari com um aconchegante casaco de vison.

 

E a cigarra disse para a formiguinha:

- Olá, amiga, vou passar o inverno em Paris. Será que você poderia cuidar da minha toca?

E a formiguinha respondeu:

- Claro, sem problemas! Mas o que lhe aconteceu? Como você conseguiu dinheiro para ir a Paris e comprar esta Ferrari?

E a cigarra respondeu:

- Imagine você que eu estava cantando em um bar na semana passada e um produtor gostou da minha voz. Fechei um contrato de seis meses para fazer shows em Paris. A propósito, a amiga deseja algo de lá?

- Desejo sim. Se você encontrar o La Fontaine (autor da fábula original) por lá, manda ele ir para a puta que pariu!!!

 

Moral da História:

"Aproveite sua vida, saiba dosar trabalho e lazer, pois trabalho em demasia só traz benefício em fábulas do La Fontaine e ao seu patrão."

Trabalhe, mas também curta a sua vida. Ela é única!! "Se você não encontrar sua metade da laranja, não desanime, procure sua metade do limão, adicione açúcar, pinga e gelo, e seja feliz!"

Rrrrrrrrrrrrh!

1- Eu odeio gente sonsa... zzzzzz.... dã, acorda, pô!!!

2- Preciso tirar o Rodrigo Santoro do fundo de tela a pedido do meu chefe. Poutz... pra que, isso?

3- Estou com um sono avassalador.

4- Não vejo a hora de chegar amanhã, 19h20, pra que eu já esteja dentro do ônibus, viajando pro Carnaval.

5- Eu preciso comer alguma coisa. Meu estômago ronca insistentemente. Chega 1h da tarde, mas não chega meio-dia, meu horário de almoço. Blah! (alguém tem um penne ou um camarãozinho frito, não? Nuuuh!)

6- Por que existem pessoas inúteis? O mundo não precisa de vocês, mongos...

"Não importa saber se a gente acredita em Deus. O importante é saber se Deus acredita na gente" - Mário Quintana.

Ela estava certa

Como estou diariamente em contato com pastores e pessoas evangélicas, estou me sentindo mais religiosa. É, tenho períodos de fé mais intensos, outras vezes abandono a religião e me esqueço até mesmo de orar... Pois é, ontem foi um dia tenebroso positiva e negativamente.

Saí da redação às 17h rumo ao palco montado na praia pro Camburi Fest. Chuva? Não, tempestade! Minha sombrinha ficou perneta em consequência do forte vento, fiquei completamente molhada e tinha que manter meu bom humor, afinal de contas eu estava representando a única revista religiosa do Estado. Ok, ok, tentativa de um sorrisinho e eis a questão:

- O David Quinlan(entrevistado) já chegou? - questionei...

- Ainda não, umas 18h30 ele está aí! - me responderam. (Hããããããããmmmmmmmm? Pensei... ok, Lorena, cara boa, menina!)

E foi mesmo às 18h30 que ele chegou. Corri em direção ao David e com aquela cara porca eu disse: - Ei, David, sou fulana de tal e talz. Rola uma entrevistinha aí?

- Ah, sim, mas no hotel...vamos comigo pra lá? (Putaquipar..., pensei. Ok, vamos)

No hotel, o ar-condicionado estava GELANDO e minha roupa foi secando. Resultado: comecei a sentir um imenso frio e meu queixo começou a tremer (sem que o David visse, claro). E a chuva nessa hora? Tiniiiiiiiiiindo lá fora! E aí bateu a fome, a vontade de vir pra casa, afinal já eram 19h e eu estava de pé desde 6h e sem comer desde 12h, mas, tudo é festa.

Fomos pro show, parará, pererê e foi emocionante. A voz do David (eu nunca tinha ouvido falar no cara!) é divinamente bonita e ele é super simples tb. Na volta pra casa, Rina veio conversando comigo sobre essa questão de milagres. Eu nunca fui de acreditar muito nisso, talvez por não ficar avaliando o que é milagre e o que não é. Tá, ok... dormi e às 4h minha mãe me acordou dizendo que com a forte chuva, a sala estava alagada. Isso, uma rachadura apareceu no teto da sala e parecia que estávamos no piscinão de Ramos, sem sacanagem. Acontece que tinham uns 500 cadernos na sala (mamãe tem uma papelaria) e fichários e tal. O milagre? Minha mãe tinha embalado todos os cadernos na noite anterior e por causa disso NADA molhou, NADA! É, meu povo, Ele tava me olhando lá de cima. Foi um milagre divino. Sorte não existe...

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, VITORIA, Mulher, de 20 a 25 anos, French, English, Informática e Internet, Livros, jornalista
MSN -








Vamos lá: falar de nós mesmos é muito complicado, além disso esse não é o meu objetivo aqui. Para início de conversa, esse blog foi criado para que as pessoas especiais possam acompanhar o que se passa na minha vida. Sou fresca, tenho TPM, odeio Lula e o PT, colecionos sapos de todos os tipos e sou jornalista, não atuante. Sou uma das raras pessoas que odeia orkut, mesmo assim tenho um pra enfeitar...



O que é isto?
Visitante número: